inicial mapa do sítio contactos área do cliente
 
Medicina do Trabalho
Os exames médicos realizados no âmbito da Medicina do Trabalho, tendo em conta o seu objectivo de avaliar a aptidão de um trabalhador para uma determinada função, ou avaliar as repercussões das condições de trabalho na saúde dos trabalhadores, são realizados com base no estudo dos postos de trabalho efectuados no âmbito das actividades de segurança e higiene no trabalho.

Os serviços de Medicina do Trabalho são prestados na Clínica de Entrecampos (Centro de Saúde Ocupacional) em Lisboa, ou através da mais completa e bem apetrechada UMSO (Unidade Móvel de Saúde Ocupacional) existente no país, que integram todos os meios de diagnóstico necessários para a realização dos exames médicos e dos exames auxiliares de diagnóstico propostos, numa única deslocação à Clínica ou junto às instalações do cliente e em cerca de 1 hora.

Os ganhos proporcionados aos nossos clientes com a redução do tempo dispendido para a realização dos exames médicos, representam valores muitas vezes superiores aos custos dos próprios serviços.

A Page-Work oferece várias modalidades para os exames de medicina do trabalho, de forma a adoptar as que melhor se adequam à vigilância da saúde em função dos riscos associados às actividades desenvolvidas pelos trabalhadores abrangidos.

1. Modalidade “Q” (CSO)

Os exames de Vigilância da Saúde previstos no artigo 108º da Lei nº 102/2009 de 10 de Setembro, abrangidos pela Modalidade “Q”, recomendáveis para exames periódicos aos trabalhadores do sector do comércio e serviços, sem riscos especiais, tendo em conta o disposto no n.º 3 do referido artigo, incluem os seguintes serviços:
  • Avaliação electromagnética qualitativa, relativa a:
    • Deficiências Nutricionais e Hormonais
    • Desequilíbrios dos Órgãos e seus Sistemas
    • Toxicidade do Organismo (Exposição a Químicos e Metais Passados)
    • Problemas de Coluna e Ósseos
    • Dores Musculares
    • Mobilidade Muscular e Flexibilidade
    • Lesões Musculares
    • Patogénicos – Bactérias, Fungos, Vírus e Parasitas
    • Sistema Imunitário
    • Perturbações Digestivas e Respiratórias
    • Alergias e Intoxicação
    • Alteração da Frequência Cardíaca
    • Envelhecimento Precoce
    • Infecções Agudas ou Crónicas
    • Inflamações
    • Problemas de Pele
    • Problemas Circulatórios
    • Problemas Respiratórios
  • Exame Radiológico do Tórax.
  • Electrocardiograma;
  • Exames Biométricos;
  • Exame Audiométrico (se justificável);
  • Exame de Acuidade Visual (se justificável);
  • Exame da Função Respiratória (se justificável);
  • Controlo de Vacinação;
  • Exame Médico Objectivo;
  • Promoção de Estilos de Vida Saudáveis e Seguros.
2. Modalidade Basic (CSO)

Os serviços abrangidos pela Modalidade Basic, recomendáveis para exames periódicos aos trabalhadores do sector do comércio e serviços, sem riscos especiais incluem, para além dos serviços descritos na Modalidade “Q”, a execução dos seguintes ECD’s:
  • Análises clínicas:
    • Colesterol
    • Triglicerídeos
    • Glicose
    • Urina Tipo II
3. Modalidade Dynamic (CSO)

Os serviços abrangidos pela Modalidade Dynamic, recomendáveis para todos os exames de admissão, para trabalhadores em contacto com o público e para os trabalhadores do sector industrial e incluem, para além dos serviços descritos na Modalidade Basic, a execução dos seguintes ECD’s:
  • Análises clínicas compreendendo os seguintes parâmetros:
    • Hemograma
    • VS ou PCR
    • Ácido Úrico
    • Creatinina
4. Modalidade Premium (CSO)

Os serviços abrangidos pela Modalidade Premium, recomendáveis para todos os exames de admissão, para trabalhadores do sector industrial e com risco especial assim como para o sector alimentar incluem, para além dos serviços descritos na Modalidade Dynamic, a execução dos seguintes ECD’s:
  • Análises clínicas compreendendo os seguintes parâmetros:
    • GGT
    • GOT
    • GPT
5. Modalidade Biologic (CSO)

Os serviços abrangidos pela Modalidade Biologic, recomendáveis para os trabalhadores do sector alimentar que manipulam alimentos e incluem, para além dos serviços descritos na modalidade Dynamic e Premium, a execução das seguintes análises:
  • Exame Bacteriológico do Exsudado Naso-Faríngeo, com pesquisa de:
    • Staphylococcus aureus
    • Streptococcus pyogenes – Streptococcus do Grupo A
  • Teste de sensibilidade aos antibióticos (em caso de resultados positivos)
Justificação dos exames complementares de diagnóstico propostos
  • VS/PCR (Proteína “C” Reactiva) é um parâmetro genérico que revela o estado de funcionamento geral do organismo, nomeadamente se existe algum foco infeccioso. É um parâmetro importante quando existem algumas suspeitas no Raio X ao Tórax (ex. tuberculose), em caso de amigdalites, infecções urinárias e todas as restantes infecções.

  • Hemograma com plaquetas é importante para detectar a capacidade de regeneração da medula óssea e situações frequentes que causam fadiga/falta de forças, que podem afectar a produtividade do trabalhador e causar mal-estar. São exemplos as anemias, hemopatias – leucemias e leucoses.

  • Os Trigliceridos, tal como o Colesterol, são um factor de alteração da parede das artérias, que propiciam o enfarte do miocárdio e os AVC (principal causa de morte em Portugal). Os Trigliceridos são também um indicador da perturbação do metabolismo dos hidratos de carbono. Assim, complementam o estudo da glicemia, permitindo detectar os doentes pré-diabéticos (predisposição), já que a glicemia detecta apenas os que já são diabéticos.

  • A Glicemia avalia a concentração de glicose no sangue ou mais precisamente no plasma, detectando a diabetes que cada vez mais afecta a população portuguesa.

  • O Ácido Úrico permite detectar problemas de gota (muito frequente) e a existência de cálculos renais e urinários.

  • A Creatinina é um marcador do funcionamento renal, importante para detectar insuficiência renal crónica, nefropatias diabéticas, nefroescleroses, etc.

  • A Urina Tipo II ou urinálise é a análise da urina com fins de diagnóstico ou prognóstico de estados fisiológicos ou patológicos. O seu exame fornece importantes informações tanto do sistema urinário como do metabolismo e de outras partes do corpo. Permite diagnosticar complexos de estados fisiológicos e patológicos, desde o diagnóstico da gravidez até o diagnóstico e acompanhamento de doenças urológicas e sistémicas.

  • As Transaminases (TGP, TGO), e a GGT, servem para detectar patologias do fígado (hepatite, cirrose hepática, excesso de álcool, drogas, medicamentos, etc.) que afectam o estado geral de saúde, a força física e a capacidade de trabalho.

  • Relativamente à justificação dos Exame Bacteriológico do Exsudado Faríngeo e Nasal e dos Exame Bacteriológico e Parasitológico de Fezes, pela sua extensão, juntaremos documento a pedido do cliente.

  • O Raio X de Tórax em Portugal é uma necessidade, atendendo a que a tuberculose tem estado a aumentar (pode contagiar colegas e a comunidade em geral), pelo que se deve fazer uma radiografia na admissão e de 2 em 2 anos. Por outro lado, as afecções pulmonares são a 3ª causa de morte em Portugal. Em função da profissão e dos hábitos de vida de cada um (ex. fumadores, trabalhadores com risco de silicose, poeiras, amianto, pedreiras, carpintarias, pintores, polidores, etc.) torna-se essencial a realização deste exame auxiliar de diagnóstico.